SEJA BEM VINDO!

Este é o Blog Oficial da IEADC Igreja Assembléia de Deus em Cidelândia/MA e foi desenvolvido com o objetivo de
deixar você bem informado sobre o que acontece em nossa Igreja local, Regional, Nacional e internacional e ainda sobre
outros temas interessantes. Ajude-nos a mante-lo atualizado. Faça sua crítica e sua sugestão enviando EMAIL para
iead.cid@hotmail.com.br

A Redação.



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Hillary diz que não imagina Conselho de Segurança da ONU sem o Brasil Secretária de Estado dos EUA diz que vê país no orgão 'no futuro'. Segundo ela, EUA admiram 'papel de liderança crescente' do Brasil.



A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, afirmou nesta segunda-feira (16), em Brasília, que não é possível imaginar, no futuro, um Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) "que não inclua um país como o Brasil". O governo brasileiro pleiteia uma vaga permanente no conselho, responsável pela mediação de conflitos no mundo.
A secxretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, e o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota (Foto: Débora Santos / G1)
Hillary Clinton, que faz uma visita de dois dias ao Brasil, participou na tarde desta segunda da 3ª Reunião de Diálogo de Parceria Global Brasil-Estados Unidos, junto com o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota.

Segundo ela, os Estados Unidos apoiam a reforma no conselho e disse que a "viabilidade" do organismo no século 21 depende de uma "atualização".
"Não podemos imaginar um conselho de segurança no futuro que não inclua um país como o Brasil, com todo o progresso e seu modelo de democracia representativa que oferece oportunidades para o seu povo.(...) Os Estados Unidos admiram, sem dúvidas, o papel de liderança crescente que o Brasil desempenha e a aspiração de ter assento permanente no Conselho de Segurança", afirmou a secretária norte-americana.

A secretária de estado criticou outros países que integram o Conselho de Segurança da ONU por, segundo ela, não terem compromisso com uma "reforma real" do órgão. A secretária não mencionou quais são esses países.
"Até que outros países se comprometam com essa reforma, não vamos fazer o progresso que é necessário", declarou. O Conselho de Segurança conta com 15 membros, sendo cinco permanentes (China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia) e dez rotativos.

Diálogo de parceria global
Criado em 2010, o grupo que participou da 3ª Reunião de Diálogo de Parceria Global Brasil-Estados Unidos tem encontros anuais para dar direcionamento político à coordenação bilateral em áreas como educação, ciência e tecnologia, inclusão social e direitos humanos. Um dos temas do encontro foi a Rio+20.



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário