SEJA BEM VINDO!

Este é o Blog Oficial da IEADC Igreja Assembléia de Deus em Cidelândia/MA e foi desenvolvido com o objetivo de
deixar você bem informado sobre o que acontece em nossa Igreja local, Regional, Nacional e internacional e ainda sobre
outros temas interessantes. Ajude-nos a mante-lo atualizado. Faça sua crítica e sua sugestão enviando EMAIL para
iead.cid@hotmail.com.br

A Redação.



domingo, 29 de julho de 2012

Padre proíbe enterro de evangélico



Um impasse na hora do enterro. Foi assim que se viu Paola Wasen quando, após ficar abalada pela morte de seu pais Irineu Wasen, 60 anos, de sua Eunice Teresinha Ely, 58 anos, e de sua avó Carmelita Maria Ely, 78 anos, ficou sabendo que o sonho de enterrar os três no mesmo cemitério não poderia ser cumprido devido a uma intransigência do pároco e diretor do cemitério católico da cidade Poço das Antas – RS.
Ao procurar para pedir autorização para enterrar seus entes queridos, que morreram em um acidente de trânsito na rodovia Tabaí-Lajeado (BR-386) no feriado de Finados, na quarta-feira, a moça ficou sabendo que por seu pai ser luterano, não teria permissão para enterrá-lo junto as demais
De acordo com o padre João Paulo Schäfer, responsável pela paróquia e pelo cemitério católico, Irineu era evangélico e, portanto, não poderia ser enterrado junto à mulher.
“É uma norma da igreja que não podemos quebrar. Só podemos sepultar em nosso cemitério pessoas católicas que contribuem e estejam em dia com a taxa anual. Expliquei isso para a família, e eles entenderam”, disse o padre, que ainda afirmou não poder abrir exceções.
O corpo de Irineu foi enterrado no cemitério da cidade de Teutônia junto com os avós.
Irineu, Eunice e Carmelita moravam na capital e passaram o feriado de Finados em Poço das Antas para visitar a família e também prestar homenagens a parentes já falecidos. Retornavam para Porto Alegre quando o carro em que estavam bateu em uma caminhonete no km 377 da rodovia Lajeado-Tabaí, perto do trevo de acesso ao município de Paverama.
Fonte: ClickRS

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário