SEJA BEM VINDO!

Este é o Blog Oficial da IEADC Igreja Assembléia de Deus em Cidelândia/MA e foi desenvolvido com o objetivo de
deixar você bem informado sobre o que acontece em nossa Igreja local, Regional, Nacional e internacional e ainda sobre
outros temas interessantes. Ajude-nos a mante-lo atualizado. Faça sua crítica e sua sugestão enviando EMAIL para
iead.cid@hotmail.com.br

A Redação.



segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Líder judeu defende que mulheres devem viver em casa e receber menos educação: “O lar é o habitat natural para as mulheres”


Líder judeu defende que mulheres devem viver em casa e receber menos educação: “O lar é o habitat natural para as mulheres”O líder judeu Zvi Tau, presidente da Har Hamor Yeshiva (centro de ensinos religiosos da Torá e do Talmud), escreveu um documento no qual orienta que “o lugar das mulheres é em casa”, e que as mulheres não devem receber o mesmo nível de instrução que os homens.

Intitulado “Quem me criou como ele desejou”, o folheto escrito por Tau, que é um dos mais influentes líderes ultraortodoxos de Israel, recomenda uma doutrina considerada radical até mesmo para alas mais ortodoxas do judaísmo. O texto causou polêmica e manifestações de repúdio por todo o mundo.

O documento foi escrito para uso interno, mas acabou vazando através do jornal Haaretz, que teve acesso ao folheto e publicou trechos em sua edição eletrônica nesta terça-feira (31/07).

- O lar é o habitat natural para as mulheres expressarem suas tendências especiais, e não locais de atividade social (…) Em casa, sem confusão (…) é onde uma mulher pode viver sua vida plenamente – afirma o documento, que diz que crianças nascidas de famílias onde as mulheres se dedicam a um trabalho serão “fracas e flácidas”.

O religioso defende ainda que a noção de que homens e mulheres devam ser tratados com igualdade e receber a mesma educação só é capaz de gerar frutos a curto prazo. Ele afirma que, no futuro, essa tendência irá “prejudicar a qualidade de vida da nação e da sociedade, já que o verdadeiro caráter feminino não estará desenvolvido e fará falta ao mundo. A sociedade e a nação devem se esforçar para aprimorar os atributos especiais inerentes à mulher”.

De acordo com ele, homens e mulheres têm papeis diferentes. Ele defende que enquanto as mulheres tem mais “poder emocional”, os homens nasceram com “maior capacidade intelectual”.

Zvi Tau, nascido na Áustria, é considerado um importante líder religioso e apoiador de conceitos nacionalistas que consideram o Estado de Israel sagrado. Entre suas declarações no documento, o religioso afirma que as mulheres não foram feitas para se ocuparem com questões “tão profundas quanto a ciência e a moral”, e sim a dar à luz, alimentar e cuidar de crianças.

Redação Gospel+

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário